Vários

Vários

Átrio do Claustro
  • Novo

Átrio do Claustro

<p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">A cada terça-feira, o sítio dos carmelitas descalços publica um texto na Claustro. Cada texto publicado converte aquela espécie de revista digital num lugar privilegiado de diálogo entre o Evangelho e o mundo, a Igreja e a sociedade. </span></p> <p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">No convento ou no mosteiro o claustro é o espaço que faz a mediação entre o interior e o exterior. Cada texto ali publicado situa-nos dentro e, desde dentro, abertos ao de fora, ao diferente, ao divergente, ao avesso, como quem partilha um pedaço de caminho e condivide as razões da sua esperança. </span></p> <p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">Os textos da Claustro são escritos por carmelitas descalços: sacerdotes, monjas e leigos; sobretudo leigos e leigas, fazendo apelo, cada um, cada uma, e a seu tempo, às ferramentas de que dispõe e em que é mestre para bem servir o Evangelho. </span></p> <p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">Tal como um claustro também esta revista digital se organiza em quatro galerias: Casa Comum, Cultura, Desafios, e Espiritualidade. Por uma e por outra, descalços, perambulamos com o Evangelho no coração, como quem coa a luz que ilumina a trilha e os passos. </span></p> <p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">Este segundo livro da série Claustro recolhe uma colaboração por Autor. Relevo para as três reflexões em torno às JMJ2023: três mulheres — uma adolescente, uma jovem e uma investigadora — falam com apreço do significado, presente e futuro, para Igreja Portuguesa (e para a Europeia) da celebração das Jornadas de Lisboa. </span></p> <p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">Este Átrio do Claustro encerra com um Ferrolho d’ouro — um ensaio sobre a católicofobia presentemente vivida e sofrida pelo catolicismo francês, e testemunhada, em primeira mão, por um pregoeiro português, atento e vigilante. A não perder. </span></p>
Preço 9,43 €
Cartas de um teólogo a um...

Cartas de um teólogo a um...

<p style="text-align:justify;"><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">Os jovens procuram, questionam-se e questionam-nos com perguntas difíceis, sobretudo com temas relacionados com a fé cristã, a moral e a religião. O teólogo Alexandre Freire Duarte, experimentado no diálogo com os seus jovens alunos, aventurou-se a responder-lhes por escrito. Como afirma Eduardo Duque, no prefácio deste livro, “estas <em>Cartas</em> ajudam a olhar para dentro da pessoa, a conhecer os seus limites e desejos; ajudam a dar nomes aos fracassos, a interpretá-los e a conviver com eles; ajudam a descobrir os sentimentos produzidos que se vivem quando se fazem <em>experiências radicais</em> e ajudam a descobrir o <em>sentido</em> mais profundo da vida. Porém, estas <em>Cartas</em>, lidas assim, poderiam ser entendidas como mais um livro de autoajuda e desenvolvimento pessoal e, possivelmente, também o poderão ser, mas a sua grande diferença para com a maior parte desses livros, a sua grande virtude, é a largueza oceânica em que todos os diálogos se ancoram, que é em Cristo. </span></p> <p style="text-align:justify;"><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">Digamo-lo claramente e sem medo: o autor destas <em>Cartas</em> encostou os seus ouvidos ao chão e ouviu os gritos de muitos dos jovens a clamar por um <em>sentido de vida</em>, por um mundo melhor e mais justo, mas não enveredou por diálogos <em>nihilistas</em>, que não se sentem determinados por nada, a não ser pela sua própria vontade autónoma, nem fundamentou os seus diálogos numa interpretação sentimental do amor e da compaixão de Cristo separada da verdade, mas mostrou, através de histórias com lições de vida, que o amor e a compaixão verdadeiros implicam e comprometem radicalmente a pessoa, precisamente porque são inseparáveis da verdade, que é a única, como refere S. João, que nos torna livres.” </span></p>
Preço 9,43 €
A Porta do Claustro

A Porta do Claustro

<p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">A edição de “A Porta do Claustro” pretende prolongar a proposta de diálogo entre Igreja e sociedade iniciada há um ano, como forma de proximidade e abertura dos Carmelitas Descalços às alegrias e angústias dos homens e mulheres, nossos contemporâneos. Ergueu-se este Claustro não como prova de quem possui a verdade toda, mas como oportunidade de nos constituirmos companheiros de caminho com todas as pessoas e a pessoa toda, assumindo-a na sua unidade e integridade, desde a fé e o amor à Igreja tal como aprendemos de Santa Teresa e São João da Cruz. Tal como um claustro conventual também este tem quatro alas ou secções: Casa Comum, Cultura, Desafios e Espiritualidade. E foi assim que um punhado de religiosos, monjas, leigas e leigos do Carmelo, ex-seminaristas e jovens do Carmo Jovem fomos encontrando e propondo um texto semanal para diálogo aberto, nunca, porém, como palavra última e definitiva.</span></p>
Preço 9,43 €
LÉXICO de espiritualidade...

LÉXICO de espiritualidade...

<p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;"> «A vida cristã é uma vida espiritual. Com isto, e como é evidente, não se quer dizer que seja uma vida desencarnada, mas que ela é uma vida no Espírito Santo e segundo o Espírito Santo. Sendo assim, a vida cristã possui um conjunto de características que, embora não a separem totalmente da dos demais seres humanos, a configuram e distinguem. Características que podem ser traduzidas por um conjunto de palavras. Pois bem, como desejamos que este livro seja pequeno, decidimos restringir o número de tais vocábulos a setenta e um... O nosso objectivo é o de oferecermos um breve conjunto de noções que permitam conhecer melhor o que é a vida espiritual cristã»</span></p>
Preço 3,77 €
O «Acontecimento...

O «Acontecimento...

<p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">Este pequeno livro é uma longa carta que o filósofo Manuel García Morente enviou ao seu director espiritual, em Setembro de 1940, três anos depois do «acontecimento extraordinário» que o levou à conversão. «Ali estava Ele. Eu não O via, eu não O ouvia, eu não O tocava. Mas Ele estava ali… Como é que isto é possível? Não o sei. Mas sei que Ele estava ali presente e que eu, sem ver, nem ouvir, nem cheirar, nem gostar, nem tocar em nada, percebia-O com absoluta e inegável evidência». Este texto expõe as circunstâncias que antecederam o dito acontecimento, com o propósito de ceder ao destinatário (o leitor) todos os dados de que dispõe para que possa fazer o seu próprio juízo e discernimento.</span></p>
Preço 3,77 €
Sendo rica fez-se pobre
  • -20%

Sendo rica fez-se pobre

<p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">«Ao celebrar a festa de Santa Teresa de Jesus, o António José Machado, carmelita secular, oferece-nos a biografia da carmelita descalça, Irmã Maria de Jesus, no século Marianna Ignez de Jesus de Mello da Silva da Fonseca de Sampaio, uma ilustre filha de Santa Teresa do Carmelo em Portugal, que nasceu nos alvores do Séc. XX, cruzou e participou nas suas grandes convulsões mas também ajudou a desbravar os novos horizontes que durante ele se abriram. A Irmã Maria de Jesus foi uma mulher que soube cultivar o desprendimento da fama e protagonismo que a sua condição social, cultural e económica lhe dava, para abraçar a pobreza e a simplicidade de uma vida escondida com Cristo em Deus. De uma vasta formação cultural e religiosa, cultivada sobretudo na Inglaterra e na Bélgica, comprometeu-se com os grandes ideais evangélicos e teresianos. Foi Servita de Nossa Senhora de Fátima, líder da Acção Católica em Portugal, Fundadora do Carmelo do Porto e membro da comunidade fundadora do Carmelo de Faro, onde repousam os seus restos mortais. Além de irmã no mesmo hábito e profissão religiosa, foi também uma grande amiga dos Padres Carmelitas Descalços, concretamente na fundação da nossa presença em Avessadas, Marco de Canaveses. A Província Portuguesa deve-lhe muito».</span></p>
Preço 6,42 € -20% Preço regular 8,02 €
Madre Maria das Mercês de...

Madre Maria das Mercês de...

<p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">Temos diante de nós uma Biografia da Madre Maria das Mercês, que viveu exemplarmente o ideal da entrega a Deus, no espírito e na disciplina do Carmelo, durante 47 anos. Fez da sua vida um percurso constante ao encontro do Esposo Jesus Cristo, pelo qual, desde muito cedo “se sentiu apanhada” ... Foi aluna exemplar desde o Colégio até à Universidade de Coimbra, onde, isso é verdade, teve abençoadas distrações, com o sonho do Carmelo que desde muito cedo a começou a seduzir. Os seus orientadores espirituais, que os teve desde muito cedo, ainda procuraram afastar-lhe essa ideia, mas impossível. Ela persistiu e venceu, acabando por entrar no Carmelo de Coimbra, com o firme propósito de “ser toda tua”... As três virtudes teresianas – o desprendimento, o amor e a humildade – a contemplação do Mistério da Santíssima Trindade, na companhia da Virgem da Encarnação, a oração contínua no velar dia e noite e o silêncio, foram e continuam a ser as grandes marcas desta escola, que por graça de Deus agora continua entre nós, no mosteiro do Carmelo da Santíssima Trindade... Na sua vida cumpriu-se até ao fim, não sem momento difíceis, como aqueles de grande aridez interior a nota que passou sempre para as suas irmãs de comunidade e para quem a conheceu mais de perto - o ser “muito humana e toda de Deus”... Parabéns à comunidade que teve a iniciativa de redigir e publicar esta biografia. <br /><em>(Da apresentação feita por D.Manuel R. Felício, Bispo da Guarda)</em></span></p>
Preço 9,43 €
O Mistério da Realidade

O Mistério da Realidade

<p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">O Padre José Martins, jesuíta português, chegou a Timor decorria o ano de 1974. Chegou e ficou… até hoje. Acompanhou e viveu in loco a nossa história, desde o Timor, ainda português, passando pelos tempos da Ocupação, pela luta que travámos pela nossa Libertação Nacional, até aos dias de hoje, como nação independente há treze anos. O mistério da realidade que agora nos oferece, fala-nos, mais uma vez, de realidades ligadas a Timor-Leste e de algumas histórias que na nossa ilha couberam. E é mais um testemunho que nos deixa, um testemunho de factos reais, uma constatação da realidade aparentemente misteriosa, que conta histórias da nossa História e, ao mesmo tempo, exprime um estado de espírito, numa vertente mais pessoal, carregado da perene preocupação pela pessoa, sociedade, Igreja e Nação. (...) Esta é uma obra de partilha de experiências vividas, de pensamentos, não só de agora, mas desde que o Padre José Martins está em Timor-Leste. <br /><em>(Prefácio de Rui Maria de Araújo, Primeiro-Ministro da República Democrática de Timor-Leste)</em></span></p>
Preço 11,32 €
Verbo Amar

Verbo Amar

<p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">Livro precioso, escrito em forma de carta, como lhe chama o autor, dizendo que «é o reflexo do sentido da partilha e do sentido da própria vida onde as palavras nos ajudam a dar forma ao que somos e vivemos, mas acima de tudo, ao que amamos», embora «Pensar, reflectir, escrever sobre o amor, não é tarefa fácil» (da Introdução). É interessante, e sintomático, o Prefácio escrito por Xanana Gusmão, o grande líder timorense nos tempos da ocupação daquele território. Manifesta-se como «grande amigo» do autor a quem elogia pelo trabalho que fez, pelas palavras belas e sempre apropriadas que dirigiu a todos, sobretudo nos momentos mais difíceis, pelo exemplo que sempre deu. Quase a concluir agradece «as lições que retirei deste invulgar meio de comunicação sobre o Amor, como uma dádiva divina, que o ser humano deve ter constantemente como guia na sua atarefada, ou não, vivência com outros!» (do Prefácio). Sirvam estas belas «lições… sobre o Amor», para todos os leitores.</span></p>
Preço 11,32 €
Família - Ninho de Amor

Família - Ninho de Amor

<p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">Há histórias e histórias. Como há livros e livros. Alguns são só para nos divertirmos, passar o tempo; outros para adquirirmos novos conhecimentos; outros ainda para aprendermos verdadeiras lições de vida. Este pequenino livro, «Família 'Ninho de Amor'», é uma autêntica lição que ensina a viver. Aldo foi alguém a quem a «sorte» não bafejou: desde jovem ficou doente, paralizado, dependente; mas Aldo possuía uma grande fé: Maria e Jesus estavam sempre a seu lado. Haverá melhor «sorte» do que esta? Viveu o seu «martírio» prolongado cheio de fé, de alegria e de vontade de testemunhar a razão da sua felicidade. Esta história ajudará, certamente, a compreender o valor dos nossos pequenos «martírios» de todos os dias, mesmo aqueles que nós não compreendemos, nem esperávamos que Deus permitisse que acontecessem na nossa vida, sobretudo quando temos tão santos projectos!</span></p>
Preço 1,89 €
In Persona Christi

In Persona Christi

<p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;"> «O livro, além da profundidade doutrinal, faz-nos reencontrar com grandes carmelitas que perceberam esta interligação profunda entre o ministério da contemplação e o ministério sacerdotal: Santa Teresa de Ávila, Santa Teresa de Lisieux, Isabel da Santíssima Trindade, Santa Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein), São João da Cruz. Não foi de somenos importância para a minha decisão a importância que tiveram na minha vida de seminarista e jovem sacerdote, Teresa do Menino Jesus, “ma petite Thérèse”, e Isabel da Santíssima Trindade, que ainda hoje considero irmãs queridas nesta aventura de proclamar o mistério de Deus, fonte inesgotável de toda a salvação.»</span></p>
Preço 6,13 €
Negro, puro e mártir

Negro, puro e mártir

<p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;"> Esta pequena biografia, relata-nos, de uma forma simples, a vida de Isidoro Bakanja, jovem zairense, que nasceu nos finais do século XIX e morreu mártir no início do século XX. A vida de Isidoro foi, de facto, um fogo encantador e surpreendente. Como nos diz, de forma tão bela o autor, Frei João Costa, este jovem pagão fez-se cristão numa Missão trapista, do Congo Belga. Desde o seu baptismo, este menino do silêncio deu um testemunho radical do que é viver sendo cristão. Foi mártir por amor a Cristo, em união a Maria, permanecendo fiel ao Escapulário que lhe havia sido imposto no dia em que entrou na Igreja. Não foi um pregador, mas a sua vida foi “um lugar para os outros”. Assim, ele tornou-se, no dizer de João Paulo II, um catequista pela caridade, fraternidade, diálogo e perdão.</span></p>
Preço 4,72 €
Alegrai-vos

Alegrai-vos

<p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;"> Alegrai-vos é o título que o compilador julgou acertado para nomear este acervo de homilias de Frei Silvino Teixeira, Carmelita Descalço, conventual de Aveiro. O livro foi editado por ocasião dos seus 25 anos de vida sacerdotal. Durante quatro anos as homilias foram gravadas com total desconhecimento do Autor, para lhe serem oferecidas em forma de livro como prova de gratidão da sua comunidade. O proveito é de ambos, do leitor e do Autor. Por razões várias nenhum dos ciclos litúrgicos ficou completo, em contrapartida o livro foi enriquecido com um vasto manancial de homilias de festas e solenidades. O imperativo do título pode passar à história como síntese do labor homilético deste servo da Palavra. Quem conhece o Autor reconhece-o nas homilias transcritas; quem o não conhece fica a conhecê-lo suficientemente bem nestes textos em que ele desdobra o mistério de Deus e da sua alma!</span></p>
Preço 6,60 €
Recomeçar Sempre

Recomeçar Sempre

<p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">Na corrida do tempo, a nossa memória vai armazenando datas de acontecimentos e de pessoas significativas que necessitamos de recordar no presente para nelas encontrarmos inspiração para abrir novos horizontes de vida e esperança. A fundação do Santuário do Menino Jesus de Praga, há 50 anos, em Avessadas, Marco de Canaveses, é um destes acontecimentos. Esta obra veio despertar uma aldeia, penetrar na fisionomia dum povo e tornar-se uma referência para a Ordem dos Carmelitas Descalços e para a Igreja em Portugal. Este é um livrinho comemorativo dos 50 anos do Convento de Avessadas.</span></p>
Preço 0,94 €
A experiência de Deus a...
  • Novo

A experiência de Deus a...

<p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">Ainda que muitas pessoas continuem a ver uma oposição, um obstáculo intransponível, entre a fé cristã e as experiências humanas, e são cada vez mais as pessoas que já não aceitam a fé cristã, fundamentando-se simplesmente na autoridade alheia, está claro que o caminho e o lugar para o encontro com Deus <em>passa por e consiste na</em> experiência pessoal, pois «Deus precede-se a si mesmo no coração dos homens» (K. Rahner). </span></p> <p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">A experiência de Deus não é algo extraordinário nem longínquo: «<em>N’Ele vivemos, nos movemos e existimos</em>» (At 17,28). Este é o ponto de partida de todos os místicos. Estamos longe de entender o que significa essa experiência, e muito mais ainda de uma ação pastoral adequada que permita passar de um cristianismo «só praticante», ou «só militante», a um cristianismo de vida teologal, de experiência mística. </span></p> <p><span style="font-size:10pt;font-style:normal;">Salvador Ros García é carmelita descalço. Estudou Teologia na Universidade Pontifícia de Salamanca e Teologia Espiritual no Teresianum de Roma. Especialista em santa Teresa de Jesus e em são João da Cruz, com edições das suas obras, cursos, conferências, congressos e numerosos estudos publicados. Ambos místicos são também aqui, neste livro, seus companheiros de viagem.</span></p>
Preço 9,43 €